chegou a hora de dar a volta à praxe

O que é a exarp?

A exarp é um movimento que pretende valorizar as práticas positivas de integração de estudantes no ensino superior e afirmar as suas instituições como farol do conhecimento na sociedade e nos locais onde se inserem.

O desporto, a cultura e a ciência serão os principais motores deste movimento, através do destaque às iniciativas que hoje em dia já existem nos espaços de ensino superior e à estimulação para a criação de novas atividades. As iniciativas com o selo exarp arrancam em setembro de 2017, com o início do ano letivo 2017/18.

O movimento

A exarp tem o impulso inicial da Direção Geral de Ensino Superior, em colaboração com a Ciência Viva, mas pretende estender-se a toda a sociedade, desde associações e movimentos estudantis, passando por entidades ligadas ao desporto, cultura e ciência, até à participação ativa dos cidadãos.

Todos podem contribuir com as suas ideias, com as suas propostas e com as suas ações para melhorar a integração de alunos nas instituições de ensino superior.

O símbolo

Todos os movimentos têm um símbolo. O nosso, já que desejamos que todos participem, é um objecto simples e acessível: uma echarpe. As pessoas, as instituições e as associações que queiram mostrar o seu apoio à valorização de práticas positivas de integração deverão usar ou ter uma echarpe associada.

É possível usar uma qualquer echarpe, nova ou antiga, de uma cor ou de outra, de qualquer tipo de material. No entanto, para dar destaque a este movimento, convidámos 10 artistas a conceberem 10 echarpes diferentes que celebram todo o país. Fica com um cheirinho do que eles andam a fazer.

Em simultâneo, vamos arrancar com um projeto de investigação cientifico e empresarial, na área têxtil, para o desenvolvimento de uma echarpe com tecnologia inovadora, feita totalmente em Portugal e respeitando todas as exigências de sustentabilidade ambiental, financeira e sociológica.

As iniciativas

Até ao inicio do próximo ano lectivo estará disponível o programa de todas as iniciativas com o selo exarp. É um programa que estará constantemente a ser atualizado com novas ideias que nos vão chegar de todo o país.

Para comemorar o lançamento da exarp decorrerão, até setembro de 2017, 4 concertos comentados protagonizados pela Orquestra Metropolitana de Lisboa, sob o tema Música e Ciência.

Os concertos são gratuitos e abertos a estudantes e população em geral.

As iniciativas previstas para as instituições de ensino superior que fazem parte do programa Ciência Viva também fazem parte deste projecto. Mais informação aqui

Instituto Politécnico de Viseu

21 de março, 17 horas, no Auditório Principal
Conferência O tempo musical, por Pedro Amaral

Obras por Ludwig van Beethoven tocadas pela Orquestra Metropolitana de Lisboa

Instituto Politécnico de Castelo Branco

6 de abril, 17 horas, no Auditório Principal
Conferência A música como objeto histórico, por Nuno Bettencourt Mendes

Obras por Ludwig van Beethoven e Leos Janacek tocadas pelas Cordas da Orquestra Metropolitana de Lisboa

Universidade de Évora

5 de maio, 17 horas, no Auditório Principal
Conferência A música e a consciência íntima do tempo, por José Gil

Obras por Luís Carvalho e Igor Stravinsky tocadas pela Orquestra Metropolitana de Lisboa

Instituto Politécnico de Coimbra

22 de maio, 17 horas, no Auditório Principal
Conferência A música no espaço e no tempo, por José Fiolhais

Obras por Franz Schubert tocadas pela Orquestra Académica Metropolitana

Contacta-nos

Se queres partilhar os teus pensamentos e as tuas ideias > Se fazes parte da organização de iniciativas de integração de alunos nas instituições de ensino superior > Se fazes parte de um órgão de comunicação social e queres saber mais sobre o movimento exarp ou sobre alguma iniciativa em específico